Os preços dos apartamentos usados em Portugal recuaram 0,5% no terceiro trimestre face aos três meses anteriores. As maiores descidas verificaram-se na Madeira e no distrito de Lisboa.

Os preços médios de venda de apartamentos usados em Portugal recuaram 0,51% no terceiro trimestre face aos verificados entre abril e junho, revela o "Market Report" divulgado esta quinta-feira pela "proptech" Casafari, que analisa através de inteligência artificial os anúncios de imobiliário em Portugal.

Esta quebra é impulsionada, sobretudo, pelo distrito de Lisboa, onde o preço médio caiu 8,38%, passando de 367.083 euros para 336.311 euros. A maior descida percentual, contudo, registou-se no arquipélago da Madeira, com uma quebra de 8,43%, para um valor de 194.295 euros.

Ainda com diminuições nos preços médios surgem os distritos de Faro (-4,13%), Viseu (-2,76%) e Porto (-0,82%).

Nos restantes distritos e no arquipélago dos Açores os preços dos apartamentos usados aumentaram face ao segundo trimestre.

Leiria e Aveiro, com subidas de 6,63% e 6,45%, apresentaram os maiores incrementos no preço médio.

Ainda com aumentos acima de 5% surgem os distritos de Coimbra (5,48%), Guarda (5,29%) e Viseu (5,26%).

Estas variações de preços referem-se apenas ao valor de venda dos imóveis, não considerando as áreas dos mesmos, pelo que poderão ser influenciados por alterações nas tipologias e dimensão dos apartamentos vendidos.

In Jornal Económico 15/10/2020
https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/imobiliario/detalhe/precos-de-apartamentos-usados-descem-ligeiramente-no-terceiro-trimestre-lisboa-e-madeira-lideram-quedas